Parintins Notícias

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), via Diretoria de Saúde (Disau), realizou, nesta quarta-feira (30), uma palestra educacional para os menores aprendizes sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (Ist’s).

De forma dinâmica e colaborativa, a palestra foi ministrada pelos médicos-residentes do Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), Deimyson Felipe e Israelson Taveira,  com mais de 30 participantes.

A ação faz parte do Programa Cuidando dos Jovens Aprendizes, e tem o objetivo de priorizar boas iniciativas e conhecimentos no local de trabalho, a fim de que contribuam para sua educação, bem-estar e crescimento.

Durante o evento, os aprendizes tiveram acesso à diversas informações sobre doenças, suas causas, tratamentos e prevenção, como Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids), Sífilis e Hepatite. Além disso, foi abordado o esclarecimento de notícias falsas relacionadas aos estereótipos construídos pelo preconceito.

Os médicos-palestrantes ressaltaram a importância do TCE-AM realizar eventos como esse e incentivar o controle na saúde.

“O Amazonas tem um alto índice de contaminação, principalmente na faixa etária jovem. Então é essencial a prevenção, pegar essas pessoas e levar informação e tratamento. Esse tipo de atividade que foi realizada hoje aqui deve ter, e quanto mais, melhor”, esboçou o médico-residente, Deimyson Felipe.

“Essa iniciativa da Corte de Contas é muito boa, porque conseguimos alcançar diferentes tipos de público, trabalhar a conscientização e colocar essas pessoas como protagonistas da transformação e do baixo índice de contaminação”, completou o médico-residente, Israelson Taveira.