Parintins Notícias

Parintins Notícias
Facebook
Twitter
WhatsApp

Uma operação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – SEDEMA, em parceria com a Polícia Militar e Polícia Civil, no Loteamento Teixeirão, resultou em apreensão de madeira nesta quarta-feira, 17, resultado da derrubada de castanheiras.


Desde o início da ocupação na área do Teixeirão, a Sedema vem sendo acionada por meio do disk denúncia, para averiguar a supressão das árvores no local, em especial as castanheiras (Bertholletia excelsa).


Na manhã de hoje uma nova denúncia resultou na apreensão de peças como pernamanca e ripão, prontos para comercialização. Várias diligências já foram realizadas no local, desde o início da invasão, em 2023, algumas exitosas com a apreensão de madeira, equipamentos e motosserras utilizados na supressão das árvores.

Outras ações ocorreram de modo infrutífero, uma vez que entre os invasores há um esquema organizado de vigilância das entradas da área.
Por diversas vezes quando a equipe fiscal e a Polícia Militar chegaram ao local, os
infratores já tinham se evadido, deixando o rastro de destruição.


O loteamento é uma propriedade particular, com a obrigatoriedade de buscar a reintegração de posse e vigilância para que os ilícitos ambientais não ocorram. No caso do Loteamento Teixeirão, as sanções aos proprietários por crime ambiental já renderam multa no valor de R$ 41.195,00. Ao todo, quatro multas foram aplicadas decorrentes das atividades ilícitas no loteamento, somando um total de R$ 47.314,50.

Relacionados