Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Saúde monitora ações de enfrentamento à monkeypox em Tabatinga

Monitoramento realizado pela FVS-RCP abrange capacitação para profissionais que atendem pacientes com sintomas compatíveis com a doença

Técnicos do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde no Amazonas (Cievs-AM) realizam, até sexta-feira (30/09), o monitoramento de ações de enfrentamento à monkeypox em Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus), na região da Tríplice Fronteira (Brasil-Colômbia-Peru).

A iniciativa faz parte das ações de emergência em saúde pública do Cievs-AM, que integra a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM).

A coordenadora do Cievs-AM, Josielen Amorim, destaca que, dentre as ações previstas no monitoramento estadual estão capacitações da rede de saúde para profissionais que atendem pacientes com sintomas compatíveis com a monkeypox.

“Estão sendo abordadas questões como a coleta e notificação oportuna dos casos. Já houve suspeitos de monkeypox em Tabatinga e que foram descartados. Mas segue-se em vigilância para a detecção oportuna para tomada de medidas cabíveis para reduzir a transmissão na região”, afirma Josielen.

Outros municípios

O monitoramento da rede estadual do Cievs, de emergência em saúde pública, também foi realizado, no período de 21 a 23 de setembro, nos Cievs de Tefé (a 523 quilômetros de Manaus) e Parintins (distante 369 quilômetros da capital). Dentre os temas tratados, estão as ações de enfrentamento à monkeypox nesses municípios.

Cenário

Até quarta-feira (28/09), o Amazonas apresentou 310 notificações da doença, sendo 111 casos confirmados, 138 descartados, 61 suspeitos e nenhum registro de óbito pela doença.

A FVS-RCP destaca que toda a rede de saúde, incluindo unidades privadas e públicas, da capital e interior, está orientada para realizar atendimento de casos suspeitos de monkeypox.

Referência

A FVS-RCP é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado, o que inclui o monitoramento do cenário de monkeypox por meio do Cievs-AM.

A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. O contato telefônico da FVS-RCP é o (92) 3182-8510.

FOTO: Divulgação/FVS-RCP

-publicidade-