Parintins Notícias

Com o objetivo de orientar a população para prevenção da lesão na região lombar do corpo humano, chamada hérnia discal ou de disco como é popularmente conhecida, a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), por meio da Policlínica Codajás, destaca que a prática de atividades físicas auxilia na prevenção.  

A fisioterapeuta Ana Cristina, que atua no Centro Especializado em Reabilitação do Estado do Amazonas (CER IV) da Policlínica Codajás, relata que os atendimentos de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) com hérnia de disco têm se tornado cada vez mais comuns.  

“Os sintomas não podem ser ignorados, ainda mais quando o paciente não busca ajuda médica e isso pode causar a progressão da doença, causando a perda de força e função dos membros inferiores. É preciso que haja atenção aos primeiros sintomas e tão logo buscar ajuda especializada”, destaca a especialista.

Ela ressalta, ainda, que 100% dos usuários do SUS que são atendidos, cerca de 50% são pacientes com problemas de hérnia de disco lombar e na cervical, ou seja, de 30 pacientes mensais, ao menos 15 apresentam este problema de saúde.

Logo no primeiro contato com o médico especializado, inicialmente, com o ortopedista e, posteriormente, com o fisioterapeuta, é feita a elaboração do protocolo para o tratamento e tudo depende da avaliação feita para cada caso.

A fisioterapeuta explica, também, que uma das formas de prevenção é a pratica de atividade física orientada por um profissional capacitado, e que a fisioterapia favorece o tratamento com diversos recursos e técnicas. 

“O usuário passa em torno de dez dias conosco realizando as atividades e nesse período, dependendo da evolução e resposta, orientamos a prática de algumas atividades para realizar em casa, que serão adotadas por toda vida do paciente”, finaliza a fisioterapeuta. 

Com problemas de hérnia de disco desde 2018, a médica veterinária Marilza Rodrigues, 41, relata sua satisfação com o tratamento. “Já passei por algumas sessões e agora na minha última sessão, graças a minha fisioterapeuta e aos demais, estou sem dores, as crises pararam. Hoje estou feliz e satisfeita para continuar a minha caminhada de vida”, enfatizou. 

Reabilitação

A Policlínica Codajás, unidade da SES-AM, dispõe dentro do Centro Especializado em Reabilitação do Amazonas (CER IV), um ginásio e salas de fisioterapias. Os pacientes são atendidos via demanda encaminhada pelo Sistema de Regulação (Sisreg).

O diretor da Policlínica Codajás, Ráiner Figueiredo, destaca que a equipe de fisioterapia é altamente capacitada para atender diversos problemas de saúde. “Recebemos nossos pacientes encaminhados pelo SUS com todo amor e profissionalismo. E o melhor, eles só recebem alta do tratamento quando estamos garantidos que a saúde deles esteja de fato bem estabelecidas”, finalizou o diretor.