Parintins Notícias

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) tem três novos servidores a partir desta quarta-feira (18). Igor Oliveira Bastos, Rafaella de Araujo Campos e Vivianny Karol dos Santos tomaram posse na manhã de hoje, após terem sido aprovados no concurso público realizado em 2021. Os três novos integrantes da Corte de Contas amazonense farão parte do cargo de Auditoria Governamental.

Ao assinar o termo de posse junto ao presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro, o manauara Igor Oliveira Bastos, de 25 anos, relatou que este é o primeiro trabalho como concursado dele, após ter se formado em administração pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

“Estagiei dois anos no Tribunal de Justiça do Amazonas, mas como servidor efetivo é a primeira vez. Foram dois e oito meses de estudo intenso, com carga horária de seis a oito horas diárias, acabei logrando aprovação também na Sefaz e na Semsa, mas é aqui, no TCE-AM, que quero fazer carreira”, revelou.

Questionado sobre se o processo de preparação e o tempo de estudo valeu a pena, Igor aproveitou para deixar uma mensagem de incentivo aos concurseiros que sonham com uma carreira no 1º Setor.

“Tem horas em que a motivação some, nessa hora a fé e disciplina tem que permanecer. Tem dias em que você quer estar assistindo filmes, saindo com amigos, mas você precisa priorizar o estudo, foi o que fiz e o que muitos outros colegas fizeram e, felizmente, lograram a aprovação”.

Também de Manaus, mas já com carreira no setor público, Vivianny dos Santos destaca que vem da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) em uma área de atuação similar à da Corte de Contas do Amazonas.

“Lá [SEC] atuei em diversas áreas como o financeiro e inclusive em auditoria, que inclusive é uma área que eu gostei de trabalhar, me aperfeiçoei e continuei buscando até a realização do concurso, principalmente no período de lançamento do Edital. Trabalhar no Tribunal é a realização de um sonho, as amizades anteriores ficam e aqui tenho certeza que vou construir, também, um bom relacionamento com os demais colegas, visando contribuir e aprender também”, disse.

Já a paraibana Rafaella Campos comentou sobre a vinda para Manaus e a sensação de conhecer a cidade e finalmente assinar o termo de posse.

“Essa é minha primeira experiência de trabalho após um intenso período de estudo de ao menos três anos. Quando vi meu nome na lista de convocados, a surpresa foi tão grande que levei um tempo para conseguir assimilar. Estou bastante ansiosa para iniciar os trabalhos no Tribunal, até porque até agora fui muito bem tratada, o que demonstra que os servidores são bastante solícitos e agora farei parte também desse dia a dia”.

Realizado nos dias 18 e 25 de agosto de 2021, o concurso disponibilizou 40 vagas para provimento imediato na Corte de Contas, com vencimentos de até R$ 8,3 mil, além de benefícios.