Parintins Notícias
vereadora Brena Dianná
vereadora Brena Dianná

Na sessão legislativa desta terça-feira, 30, a vereadora Brena Dianná subiu à tribuna da Câmara Municipal de Parintins para questionar os métodos de atuação da Secretaria de Saúde Municipal. Em 25 de abril, a vereadora cobrou da Secretaria um plano de enfrentamento à crise viral que assolava o município de Parintins que afetava principalmente as crianças e somente na semana passada, dia 26 de maio, 01 mês depois o Prefeito promoveu uma coletiva de imprensa para abordar sobre o aumento expressivo das internações de crianças por síndrome respiratória e pra falar das providências que estão tomando e para orientar os familiares. “A Administração Pública está demorando muito para lidar com os problemas da cidade”, frisou a vereadora.

A vereadora, na oportunidade, cobrou da administração pública resposta para a falta de medicamentos e utensílios básicos de saúde no Hospital Jofre Cohen. A parlamentar leu em tom a ser ouvida por todos, uma lista extensa de medicação e utensílios básico como esparadrapo, que fazem falta no dia a dia da equipe médica e de outros profissionais de saúde. Brena ainda cobrou resposta a respeito da péssima estrutura física em que o hospital se encontra, pois nos últimos dias, pacientes e equipes do hospital se depararam com uma “Cachoeira” advinda do teto da instituição, pela forte chuva e pelas péssimas condições na estrutura do hospital.

Ademais, administração pública vinha informando nos últimos anos que iria fazer uma grande reforma no hospital. Mas até agora, nenhuma atividade de recuperação e ampliação do hospital foi iniciada. Paredes rachadas, infiltradas fazem parte do dia a dia do hospital que é conhecido como referência no baixo Amazonas.

“É um absurdo o que está acontecendo no sistema de saúde do Município. Os profissionais que ali trabalham, prestam o serviço com pouca estrutura! A Prefeitura tem que fazer alguma coisa pra mudar essa situação. As pessoas estão sofrendo em filas, sendo atendidas em péssimas condições e não é culpa do profissional, eles fazem o que pode com o que tem”, disse a vereadora.

Ainda sobre a saúde, a vereadora reforça a importância de se investir na Saúde. “A saúde tem que ser prioridade. Precisamos cuidar e promover dignidade, para todos. Crianças, adolescentes, adultos. Sem saúde não temos nada. Cobramos, pois, é o nosso dever, não podemos nos calar diante desses problemas que são pioram”, finalizou o assunto.