Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Brena Dianná propõe semana de promoção à diversidade

Texto: Assessoria Parlamentar / Foto: Simone Brandão

A vereadora Brena Dianná propôs um Projeto de Lei na Câmara Municipal de Parintins que institui a “Semana da diversidade LGBTQIA+”. A ideia é que entre os dias 17 e 23 de maio, a cidade tenha uma programação para combater todos os tipos de preconceito contra essa comunidade.

O PL estabelece também que a prefeitura promova políticas públicas para garantir a saúde física e mental dessa população, com campanhas de conscientização, estimulando o respeito e a boa convivência com as diferentes orientações sexuais e identidades de gênero.

“O Brasil é um dos países que mais mata e vitimiza a comunidade LGBTQIA+. E, em Parintins, nós temos esse público maravilhoso que está em todos os segmentos: na área educacional, na área cultural, principalmente, através dos eventos, do boi boiola, do rasgadinho, da gaymada, das rainhas irreverentes no carnaval. No âmbito cultural, dos grandes bois de Parintins: caprichoso e garantido. Vocês promovem alegria onde vocês vão. E vocês merecem todo o nosso respeito, todo o nosso carinho, toda a nossa admiração. Porém, falar sobre esse assunto não é só alegria. Vocês sentem na pele a dificuldade que é participar dessa comunidade.”

A convite da parlamentar, um grupo que representa a comunidade esteve na CMP para apoiar a iniciativa que pretende proteger os direitos de pessoas que compõem a sigla LGBTQIA+.

A parlamentar lembrou ainda na tribuna que o desrespeito a diversidade deveria ser uma pauta superada, mas infelizmente, ainda não é. Ainda existe muito preconceito e isso precisa ser combatido.

O termo faz referência a pessoas Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transsexuais, Transgêneros, Travestis, Queers, Interssexuais, Agêneros e Assexuais, com a possibilidade de abranger ainda todas as outras formas de amor e de identificação. A comunidade é uma das que mais sofre no Brasil, não só pelo desrespeito, mas também com a violência causada pela desinformação. O projeto de lei quer diminuir os índices de mortes e agressões contra esse público, principalmente em uma cidade onde a comunidade vem se fortalecendo.

-publicidade-