Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Sead inicia treinamento para formação de gestores do Siged

O treinamento ficará disponível na plataforma de ensino da Escola de Gestão e Aperfeiçoamento do Servidor Público

A Secretaria de Administração e Gestão (Sead) do Governo do Amazonas deu início aos treinamentos para formação de gestores e replicadores do Sistema Integrado de Gestão Eletrônica de Documentos, o Siged. A ferramenta dará suporte tecnológico ao Sistema de Arquivo e Gestão de Documentos do Estado do Amazonas (Saged-AM) e também tornará mais eficiente e econômica a comunicação entre os órgãos do Governo.

Neste primeiro grupo, foram incluídos oito órgãos, os quais foram treinados através da plataforma da Escola de Gestão e Aperfeiçoamento do Servidor Público (Esasp), da Sead, na modalidade Ensino a Distância (Ead), por meio de aulas remotas, via aplicativo Teams. As aulas foram ministradas por instrutores da Empresa Processamento de Dados do Amazonas S.A (Prodam), com carga horária de seis horas. Entretanto, o treinamento por EaD ficará disponível para acesso sempre que necessário.

O planejamento e acompanhamento da implantação do Siged, em todas as instituições do Executivo estadual, tem prazo máximo de oito meses, conforme determinado em decreto governamental e está sob a responsabilidade do Núcleo Gestor, formado pela Sead, coordenadora do Núcleo, assim como pela Prodam e pela Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz).

“O treinamento prepara o servidor para fazer a recepção de documentos, produzir e realizar tratativas dentro do ambiente de protocolo digital, dando continuidade ao fluxo administrativo de forma totalmente eletrônica”, disse a secretária da Sead, Inês Carolina Simonetti.

Para a secretária, com os órgãos públicos estaduais implantando o Siged, o principal ganho é a celeridade na tramitação dos processos para os usuários dos serviços. Inês Carolina Simonetti destacou ainda que o processo de implantação é um avanço tecnológico irreversível. “Podemos afirmar que a implantação do Siged é um dos maiores benefícios tecnológicos dos últimos anos. E cada gestor de unidade tem papel essencial nesse avanço”, comentou a titular a Sead.

“Com a redução da emissão de documentação física, a gestão ganha modernidade, agilidade, transparência e credibilidade na administração pública. O maior impacto será na redução de custos, com a economia de papel, impressão e combustível, ampliando a sustentabilidade. Além disso, evita-se o deslocamento presencial do cidadão, que passará a usar o protocolo virtual”, ressaltou a secretária.

O secretário Executivo de Gestão de Bens Patrimoniais e Gastos Públicos, da Sead, Fabrício Cyrino Barbosa, apresentou as informações e etapas de implantação do Sistema aos gestores. “O Siged nasceu dentro de um órgão estadual, a Sefaz, e será sistematicamente avaliado para melhorias. Além de proporcionar economia e transparência, um dos resultados imediatos para os órgãos é, com a padronização de documentos e um sistema único, desafogar os protocolos físicos de cada instituição”.

O Siged – O governador Wilson Lima oficializou o Siged no Executivo estadual, no início de setembro, através do Decreto Nº 42.727, para autuação, produção, tramitação e consulta de processos administrativos. O Siged, desenvolvido e cedido gratuitamente pela Sefaz, é de utilização obrigatória para todos os órgãos e entidades da administração direta, autarquia e fundações, sendo facultativo às empresas estatais.

Atualmente, alguns órgãos como a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e suas respectivas unidades e fundações de saúde e outros como a Comissão Geral de Licitação (CGL), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Controladoria Geral (CGE), Procuradoria Geral (PGE), AmazonPrev e Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), já avançaram na implantação do Siged e os processos já rodam eletronicamente, eliminando papel e conferindo mais segurança na tramitação.

A Prodam será a responsável pela hospedagem e suporte técnico do sistema, garantindo a disponibilidade e a integridade das informações que serão processadas no Siged. Além disso, a empresa já destacou uma equipe de técnicos que irão se especializar no sistema, permitindo que, num futuro próximo, seja possível realizar manutenções corretivas e evolutivas na solução.

Foto: Gabriel Retondano/Sead

você pode gostar também
Comentários
Loading...