Assembleia Legislativa terá atividades em alusão ao Dezembro Vermelho

Com o início do mês de Dezembro, que é conhecido pela Campanha ‘Dezembro Vermelho’ e pelo Dia Mundial de Combate à AIDS, comemorado em 1º de dezembro, a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) terá atividades de conscientização e combate à AIDS, em vários segmentos.

A ação segue direcionamento do presidente da Aleam, Josué Neto, que ao longo da 19ª legislatura, tem colocado toda a estrutura da Casa a disposição de demandas que contribuam para a melhoria da vida e da saúde da população.

Na comunicação, a TV ALE inicia nesta sexta-feira (29), uma série de matérias especiais sobre a AIDS. Com um total de três matérias, o especial “HIV: E AGORA?”, vai apresentar três aspectos diferentes da doença: a AIDS na juventude, os avanços do tratamento e a AIDS na terceira idade.

As matérias serão exibidas nas sextas-feiras do mês de dezembro, começando pelo ‘Bom Dia’, às 08h30min, sendo reprisadas no ‘Aleam Notícias’ às 17h e às 20h no canal 55.3 e 6 na Net Digital. A produção é de Rafael Marques e as matérias dos repórteres Mariana Braga, Pérola Paula e Adriano Castro.

Assembleia Legislativa terá atividades em alusão ao Dezembro Vermelho

Frente Parlamentar

Aproveitando a proximidade do Dezembro Vermelho, o deputado Carlinhos Bessa (PV) resgatou a atenção parlamentar com o tema da AIDS, reinstalando a Frente Parlamentar Mista de Enfrentamento e Defesa dos Direitos da Pessoa com IST/AIDS e Tuberculose, na tarde da última quinta-feira (28).

Para o deputado, a reinstalação da Frente busca trazer representatividade às pessoas atingidas pelas doenças. “Vamos desenvolver um trabalho muito sério de alcançar as pessoas com HIV e com tuberculose, resgatando uma representatividade dentro do Poder Legislativo, que vai possibilitar mais cobranças junto ao poder público e realização de um trabalho de minimização dos casos das doenças, que nos coloca em um triste ranking de casos”, avaliou.

Institucionalmente a Assembleia vai mudar sua iluminação externa para a cor vermelha, na primeira semana de dezembro. O mesmo aconteceu durante as campanhas do Outubro Rosa e Novembro Azul.

Além disso, a Diretoria de Saúde da Assembleia vai realizar uma ação conjunta de conscientização, em parceria com a Comissão da Mulher. No ato, serão distribuídos preservativos e laços vermelhos, para quem passar pelo hall de entrada do prédio principal do Legislativo na próxima quinta-feira (5). “Nós da diretoria de saúde temos uma parceria com a Secretaria de Estado de Saúde, para alertar os servidores do perigo da doença, que, mesmo controlada, ainda é fatal. Com o avanço da medicina as pessoas têm uma falsa segurança de cura, mas a AIDS segue sem cura, por isso, é importante se proteger para não se contaminar e não disseminar a doença”, afirmou o diretor da saúde, Arnoldo Andrade.

Os laços vermelhos tornaram-se símbolo de solidariedade e de comprometimento na luta contra a AIDS. O projeto do laço foi criado, em 1991, pela Visual Aids, grupo de profissionais de arte, de New York, que queriam homenagear amigos e colegas que haviam morrido ou estavam morrendo de AIDS. Já a Campanha Dezembro Vermelho foi criada em 1987 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e adotada em 1988 pelo Ministério da Saúde.

Diretoria de Comunicação da Aleam
Texto: Fernanda Barroso
Fotos: Rubilar Santos

Comentários
Loading...