Informações e Notícias de Parintins

Coletiva de Imprensa: Caprichoso homenageia matriarcas da Mátria Brasilis

Em homenagem as matriarcas, o Boi Caprichoso apresentou à imprensa o projeto de arena “Um canto de esperança para a Mátria Brasilis”. Na mesa de apresentação, mulheres representantes de diversas manifestações religiosas do Brasil estiveram presentes e, ao lado do Conselho de Artes, puderam explanar sobre o espetáculo azul e branco.

Sentou-se â mesa o diretor da Maná Produções (captadora de recursos do festival), André Guimarães. Para ele, a grande repercussão da festa se dá “graças a criatividade fantástica dos artistas”. Ele elogiou o trabalho dos bumbás e dos patrocinadores, que fazem com que o evento cresça a cada ano.

Um dos momentos emocionantes foi o discurso do presidente do conselho de artes, Ericky Nakanome, que falou da realização do seu sonho em coordenar a parte artística do boi. Ele sintetiza o projeto assim: “são vários cantos em diversos terreiros, guetos, comunidades, todas as manifestações do Brasil. Queremos pensar o Brasil como mátria, como mãe”, destacou.

O Caprichoso dividiu seu espetáculo em três atos. O primeiro defende a “Mátria Brasilis: do caos à utopia”, falando de um Brasil que tem princípio feminino. A mulher que se depara com o caos. A segunda noite tem a temática “No braseiro da fé, esperança é minha luz”, que destaca a fé como força impulsionadora do ser humano. O azul fecha seu espetáculo com “O Brasil que a gente quer reinventar”, quando “o Caprichoso escolhe caminhar rumo a uma mátria mais fraterna.

Presidente e vice-presidente, Babá Tupinambá e Jender Lobato, respectivamente, também se pronunciaram e afirmaram que o boi vem grandioso em busca do tricampeonato. Um trabalho construído desde final de 2018 e é apresentado ao público nessa coletiva.

Caprichoso homenageia matriarcas da Mátria Brasilis Caprichoso homenageia matriarcas da Mátria Brasilis

Fotos: Pedro Coelho
Texto:Eldiney Alcântara

Comentários
você pode gostar também