Coordenadores de projetos do Programa Ciência na Escola participam de oficina de qualificação

Com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualificação na elaboração dos relatórios finais dos projetos do Programa Ciência na Escola (PCE), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) realizou na sexta-feira (29/11) a “Oficina de Elaboração de Relatório Final”, voltada aos professores que são coordenadores dos projetos de escolas municipais de Manaus.

O evento reuniu aproximadamente 40 professores no auditório da Divisão de Desenvolvimento profissional do Magistério (DDPM), no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul de Manaus.

Para a integrante da Coordenação do Processo de Avaliação do PCE, Maria Fulgência Bandeira, o intuito é ajudar os coordenadores a qualificar esses relatórios finais e ter o diagnóstico de como a alfabetização científica está sendo implementada nas escolas.

“Dessa forma teremos como avaliar os indicadores e, assim acompanharmos a contribuição do PCE com o conhecimento dos nossos alunos tanto da rede estadual quanto municipal”, disse Fulgência.

Para o coordenador do PCE na Semed, Romualdo Caetano, a oficina é um momento de troca de experiências que vai dar suporte aos coordenadores, de forma que eles possam desenvolver o trabalho cada vez melhor.

Coordenadores – Para a coordenadora do projeto “Los colores y la gastronomía de la cultura mexicana” desenvolvido na Escola Municipal Raimundo Botinelly, no bairro Cidade Nova I, zona Norte de Manaus, a iniciativa vai otimizar muito o tempo tanto dos coordenadores quanto dos avaliadores.

“Esses esclarecimentos devem sanar as dúvidas que são comuns a todos os coordenadores na elaboração dos relatórios finais”, comentou Ádria.

O professor Alvanir Carolino da Silva Filho da Escola Municipal Anastácio Assunção, localizada no bairro São Lázaro, zona sul de Manaus, coordenador do projeto “História e transformações urbanas em Manaus: uma abordagem sobre as edificações antigas construídas até metade do século XX no bairro Cachoeirinha”, disse que a Fapeam formou uma excelente equipe para dar orientações e esclarecimentos aos coordenadores desde a elaboração até a avaliação final dos projetos.

“É por meio da elaboração de um bom relatório final de pesquisa que a comunidade científica poderá divulgar o conhecimento científico para a comunidade em geral”, disse, Alvanir.

Com o projeto “Histórias em quadrinhos: o personagem ‘Curumim’ como formador de opinião e criticidade no contexto da EJA”, é o primeiro ano em que a professora Maria Lúcia Moraes, da Escola Municipal Anastácio Assunção, coordena um projeto no PCE.

“Para mim, que sou iniciante, a oficina foi muito esclarecedora e deve ajudar na elaboração de um relatório final de qualidade”, ressaltou Maria Lúcia.

A próxima Oficina de Relatório Final do PCE ocorrerá no dia 9 deste mês, das 14h às 17h, no auditório da Escola Estadual de Tempo Integral Bilíngue Professor Djalma da Cunha Batista, no bairro Japiim, zona sul de Manaus. A atividade é voltada para professores coordenadores de escolas estaduais.

PCE – Lançado no mês de abril, o Programa Ciência na Escola (PCE) recebeu 742 propostas de professores da educação básica de escolas estaduais e municipais de Manaus e de escolas estaduais do interior do Amazonas. Desse total, 619 foram aprovadas nesta edição. Ao todo, foram disponibilizadas pelo PCE 2.476 bolsas para capital e interior.

O PCE apoia a participação de professores do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental, da 1ª a 3ª série do Ensino Médio e suas modalidades: Educação de Jovens e Adultos, Educação Escolar Indígena, Atendimento Educacional Específico e Projeto Avançar, em projetos de pesquisa a serem desenvolvidos em escolas públicas estaduais do Amazonas e municipais de Manaus. O PCE é desenvolvido Fapeam, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação e Desporto e a Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus).

FOTO: Decon/Fapeam

Comentários
Loading...