Parintins Notícias
Notícias de Parintins

FEI inicia ‘Semana dos Povos Indígenas’ nesta segunda-feira (19/04)

Para celebrar o Dia do Índio, a Fundação Estadual do Índio (FEI) lança a Semana dos Povos Indígenas, com programação que inicia na segunda-feira (19/04) e vai até a sexta-feira (23/04), nas redes sociais do órgão, com vídeos de lideranças das mais diversas etnias.

Com o intuito de promover o etnodesenvolvimento sustentável e a preservação dos valores étnicos, culturais e históricos no Amazonas, a fundação selecionou três temas para serem trabalhados durante a semana: culinária indígena, medicina tradicional indígena e lideranças.

De acordo com o diretor-presidente da FEI, Edivaldo Munduruku, a ação nas redes sociais visa evitar aglomerações, fortalecendo os movimentos indígenas e enaltecendo a causa, a cultura e a história dos povos originários.

“A FEI busca o etnodesenvolvimento, a divulgação da cultura indígena, com as redes sociais e, como ferramenta de divulgação, criamos esta série com três episódios que irá abordar os segmentos de culinária, medicina e liderança indígena. Estamos orgulhosos do trabalho que está sendo desenvolvido para espalhar o que é ser indígena nesta data comemorativa”, disse.

“Como não podemos estar celebrando essa data de forma presencial por conta da pandemia de Covid-19, nos resta usar os meios digitais. O importante é que a data será lembrada e celebrada”, acrescentou Munduruku.

Origem e história do Dia do Índio – Em 19 de abril de 1940 foi realizado o 1º Congresso Indigenista Interamericano, no município de Pátzcuaro, no estado de Michoacán, no México. E para celebrar este acontecimento, o dia 19 de abril foi a data escolhida durante o governo de Getúlio Vargas, através do Decreto-Lei Nº 5.540, de 1943.

Contribuição para a cultura brasileira – Os povos indígenas são parte fundamental e importante na formação da cultura brasileira. Sua influência se revela nos costumes, no artesanato, na alimentação, na língua e na mistura étnica do povo brasileiro.

Podemos apontar o uso da rede de dormir, o artesanato de palha e cipó e a fabricação de utensílios de cerâmica como algumas dessas marcas. Na culinária temos as comidas típicas feitas com mandioca, milho, frutas e caças. Na medicina destaca-se o uso de ervas medicinais.

No Amazonas são 65 povos indígenas. Algumas publicações citam até 72 etnias – sendo muitos deles clãs do mesmo povo – além de 29 línguas faladas.

FOTO: Denison Alves/FEI.

você pode gostar também
Comentários
Loading...