Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Governo do Amazonas mantém apoio à Atenção Básica na capital

A SES-AM renovou a cessão de cerca de 150 servidores estaduais que atuam em 21 UBSs, de responsabilidade do município

O Governo Amazonas vai manter o suporte para a Atenção Básica no município de Manaus. A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) renovou o aditivo do convênio que cede servidores e prédios do órgão para o funcionamento de 21 Unidades Básicas de Saúde (UBS) administradas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa/Manaus).

O Estado apoia a Atenção Básica em Manaus com o pagamento dos salários e benefícios de cerca de 150 servidores estaduais que atuam nas 21 UBSs geridas pelo município. O primeiro convênio foi firmado em 2003, e a renovação realizada no último dia 2 de dezembro está no sexto aditivo, com vigência de até outubro de 2021.

De acordo com o secretário titular da SES-AM, Marcellus Campêlo, durante a pandemia do novo coronavírus ficou ainda mais evidente a importância da necessidade de uma Atenção Básica fortalecida também na capital.

“A rede de Atenção Primária do Estado do Amazonas, no interior do estado, tem a metade da letalidade que foi registrada na capital porque a saúde básica está mais próxima do cidadão, mais organizada e com maior cobertura. Isso mostra (…) que a Atenção Primária bem estruturada é a porta de entrada e evita o agravamento”, destacou o secretário sobre a importância da rede municipal para o SUS.

Com o auxílio do Estado, o município alcançou a marca de 62,71% de cobertura de Atenção Básica em Saúde no mês de maio.

Casinhas de Saúde – A rede de saúde da capital foi construída ao longo dos últimos 30 anos, e o Estado passou a atuar na função do Município, ao ofertar atendimento de Atenção Básica. No convênio, as 21 casinhas de saúde que eram do Estado foram cedidas à Prefeitura Municipal de Manaus, assim como os servidores que ali trabalham, como contrapartida da SES.

Além desse suporte, o Governo do Amazonas ainda fornece atendimento de Atenção Básica por meio dos Centros de Atenção Integral à Criança (Caics), Centros de Atenção Psicossocial (Caps) entre outros.

FOTO: Geizyara Brandão/SES-AM

você pode gostar também
Comentários
Loading...