Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Ministério da Saúde visita Central de Medicamentos para alinhar estratégias de abastecimento da rede estadual

Representantes do Ministério da Saúde estiveram, nesta sexta-feira (22/01), em visita à Central de Medicamentos do Amazonas (Cema), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), para alinhar novas estratégias de cooperação. O objetivo é adquirir, junto ao Governo Federal, apoio para a aquisição de remédios do “kit intubação” e outros insumos hospitalares.

No início do mês, o Amazonas recebeu do Ministério 3 mil unidades de Rocurônio e 3 mil de Atracurônio, ambos bloqueadores neuromusculares utilizados na intubação de pacientes acometidos pela Covid-19. Agora, Estado e União retomaram as tratativas para aquisição dos insumos, diante do recrudescimento da pandemia.

“Nós chamamos o Ministério da Saúde para apresentar o nosso planejamento de aquisição de insumos, e pedir apoio naqueles itens nos quais nós temos tido deserto ou fracasso nos processos licitatórios, seja de medicamentos, luvas ou tubos endotraqueais, que estão com preços muito elevados no mercado e dificultam a compra”, disse o coordenador da Cema, Cláudio Nogueira.

A visita permitiu a avaliação conjunta dos estoques da Central de Medicamentos, bem como a definição de insumos para aquisição prioritária, segundo conta a Diretora do Departamento de Ações Estratégicas da Secretaria de Atenção Especializada à Saúde, Andreza Franco, do Ministério da Saúde.

“Embora haja um planejamento do Governo do Estado para o aumento expressivo da demanda, nós estamos com a abertura de novos leitos e, além disso, estamos em um novo pico epidemiológico. Nós estamos avaliando uma ajuda do Ministério da Saúde para evitar qualquer risco de possibilidade de desabastecimento”, informou.

Além da entrega de medicamentos do “kit intubação”, o Ministério irá repassar periodicamente à Cema um mapeamento nacional da fabricação dos insumos, a fim de localizar mais facilmente os produtos e os fornecedores brasileiros e dar celeridade aos processos de aquisição dos insumos pelo Estado.

FOTO: Divulgação/SES

você pode gostar também
Comentários
Loading...