Informações e Notícias de Parintins

Semed Parintins faz readequação de calendário para 26 escolas de várzea

A possibilidade de uma enchente grande em 2019 levou a Secretaria Municipal de Educação (Semed) a reunir com os gestores, coordenadores e professores de escolas da zona rural, área de várzea, em encontro na Biblioteca Tonzinho Saunier, no dia 21. Os indicativos de uma grande cheia do rio Amazonas, maior do que a recorde de 20009, preocupam o secretário de educação, João Costa, em relação ao término do ano letivo nas 26 escolas em área de várzea.

Por conta disso, a Secretaria de Educação estuda fazer a readequação do calendário escolar, sem prejuízo de dias letivos e carga horária para os alunos desses educandários. Na várzea, as 26 escolas ameaçadas pela enchente funcionam, com um calendário elaborado, de acordo com o ritmo das águas do rio Amazonas. Nesse período de enchente, é comum as localidades ficarem submersas e também o aparecimento de bichos como cobras, jacarés e outros animais que podem colocar em risco os alunos.

“Convocamos essa reunião para tratarmos de assuntos relacionados à enchente deste ano. Estamos seguindo as orientações do prefeito Bi Garcia, analisando caso a caso, pois sabemos que, em algumas áreas, a água alaga mais depressa e em outras isso não acontece. Ouvir os gestores, coordenadores e professores é fundamental para tomarmos uma decisão, em comum acordo com todos, sem prejuízos aos dias letivos e carga horária estabelecida por lei sobre a educação municipal”, destaca o secretário João Costa.

O gestor da Escola Municipal Pedro Reis Ferreira, da comunidade do Paraná do Espírito Santo do Meio, Osmael Alfaia, avaliou positivamente a medida estudada pela Semed. “As possíveis mudanças são plausíveis, visto que a Defesa Civil está alertando para uma possível cheia grande. Então, a Semed já começa a ter essa preocupação, pois se nós deixarmos para depois, a cheia pode nos surpreender. Com isso, a secretaria já está se adiantando junto com o Conselho Municipal de Educação para viabilizar a logística para continuidade do ano letivo da área de várzea”, enfatizou.

De acordo com a gerente de Ensino e Apoio Técnico Pedagógico da Secretaria de Educação, Walda Maciel, outra reunião ficou agendada para o dia 06 de fevereiro para as possíveis adequações do calendário escolar. O subsecretário de educação, Azamor Pessoa, apresentou a proposta de mudança no calendário da área de várzea como uma das medidas da Semed ao Plano Municipal de Enfrentamento à Enchente 2019, elaborado pela Defesa Civil, em reunião na Prefeitura de Parintins, na semana passada.

Comentários
você pode gostar também