Parintins Notícias
Notícias de Parintins

“Turismo é alternativa de desenvolvimento sustentável do Amazonas”, afirma deputado Tony Medeiros

O deputado Tony Medeiros (PSD) disse durante o programa entrevista coletiva da Band Amazonas, que o turismo pode ser uma grande alternativa de desenvolvimento para todo o Estado do Amazonas. Para justificar essa afirmação ele citou como exemplo o turismo da pesca esportiva que rende aos Estados Unidos cerca de 65 bilhões de dólares por ano. No Amazonas essa atividade chega a render R$ 500 milhões.

“É um potencial que não podemos desperdiçar”, afirmou Tony que citou o exemplo do Festival Folclórico de Parintins que faz circular na cidade cerca de R$100 milhões. “Nosso trabalho na Assembleia Legislativa também está focado para transformar todo esse potencial em alternativa de desenvolvimento. Estamos começando a fazer a legislação da pesca esportiva”, completou Tony Medeiros.

Durante o Entrevista Coletiva, o parlamentar lembrou que o Governo começa a instalar nos municípios do interior leitos de UTI. “A interiorização da alta e média complexidade na saúde é uma das bandeiras do meu mandato. Por isso, fico muito satisfeito quando vejo que Parintins vai ganhar os primeiros 10 leitos de UTI. Itacoatiara, Tefé, Tabatinga e Humaitá também serão beneficiados com a instalação de UTIs”, destacou Tony.

Questionado sobre outra bandeira do mandato, a Universidade Rural, o deputado explicou que não se trata de uma nova instituição de ensino. O programa será implantado na estrutura tecnológica que já existe na Seduc para que a UEA possa oferecer cursos de nível superior para as comunidades do interior do Estado. “Com isso vamos oferecer oportunidade para aquele jovem que por alguma razão não saiu da sua comunidade, fazer um curso superior. Só por meio da educação podemos mudar a realidade desse jovem”, salientou o deputado.

No final do programa o assunto foi o meio ambiente. Os jornalistas Neto Cavalcante e Eduardo Galvão quiseram saber sobre a Lei do Licenciamento Ambiental, de autoria do deputado que está tramitando na Assembleia Legislativa. Tony Medeiros explicou que a Lei estabelece prazos para que o órgão licenciador, no caso o Ipaam, forneça licenças ambientais. “Considero o licenciamento ambiental um dos maiores entraves ao desenvolvimento, por isso estamos apresentando a nova lei do licenciamento, estabelecendo prazos. Assim, juntamente com outros órgão como a Procuradoria Geral do Estado (PGE), Gabinete Civil, secretaria estadual de Meio Ambiente e o próprio Ipaam, construímos essa nova legislação que estabelece prazo de 90 dias para empreendimentos de baixo impacto ambiental, 150 dias para médio impacto e 180 dias para grande impacto.”, esclareceu o parlamentar.

Tony destacou que para fornecer as licenças dentro desse prazo, o Ipaam precisa sofrer uma reestruturação, em termos de orçamento, equipamentos e servidores. “Juntamente com outros deputados, estamos endereçando recursos por meio das Emendas Parlamentares para que o Ipaam se reestruture e ganhe agilidade no fornecimento das licenças”, finalizou o deputado Tony Medeiros.

você pode gostar também
Comentários
Loading...