Parintins Notícias
Notícias de Parintins

Ciclopatrulha: unidade da PMAM realiza patrulhamento em parques e regiões inacessíveis por veículos

É literalmente pedalando que os policiais da Ciclopatrulha da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) realizam fiscalizações em praças, largos, ruas comerciais, orlas e calçadões, pontos simbólicos, históricos e turísticos da cidade de Manaus. Atualmente, quatro lugares inacessíveis para viaturas de duas ou quatro rodas estão recebendo o policiamento regular com os policiais militares de bicicleta.

A Ciclopatrulha da PM está presente em regiões do Centro e no Parque Urbano Desembargador Paulo Jacob, na zona sul; Complexo Turístico da Ponta Negra, na zona oeste; e no Parque Municipal do Mindu, na zona centro-sul.

O policiamento ciclístico do Amazonas trabalha conforme a doutrina da International Police Mountain Bike Association (IPMBA), que é a instituição que padroniza o policiamento com bicicletas em todo o mundo.

O capitão Roberto Vieira, comandante da Ciclopatrulha, diz que o estado é uma referência nacional nessa modalidade de policiamento. “Por termos uma frequência maior de cursos, já foram três cursos na polícia, talvez sejamos até referência porque vários outros policiais de outros estados nos procuram”, ressaltou.

Outro fator que diferencia e destaca o ciclopatrulhamento do AM é a quantidade de policiais empregados de forma unitária, ou seja, por meio de uma unidade de comando, que padroniza carga horária, fardamento, manutenção e efetivo.

Efetivo e capacitação – O veículo que utiliza propulsão humana para funcionar é a ferramenta de trabalho dos 42 policiais que integram o ciclopatrulhamento. No entanto, os militares também revezam no uso, quando necessário, de quadriciclos e viaturas. O treinamento para potencializar a capacitação destes profissionais na utilização das bicicletas durante as atividades tem a duração mínima de 110 horas.

“Nós atuamos em duplas ou trios para levar segurança nestes locais e fazer com que o ambiente seja utilizado para diversas situações, seja para atividades físicas, atividades comerciais, entre outras”, ressalta Roberto Vieira.

Para fortalecer a fiscalização em áreas de grande circulação de pessoas, a Ciclopatrulha age em parceria com a Guarda Municipal no Complexo Turístico da Ponta Negra, na zona oeste, um dos locais com maior circulação de pessoas na capital, onde realiza patrulha num raio de até 3 quilômetros.

A dinâmica desta cooperação ocorre na divisão de tarefas. Enquanto a Guarda Municipal é encarregada de realizar a fiscalização na preservação do patrimônio, os policiais atuam na manutenção da ordem pública.

Além disso, os militares também pedalam e atuam em diferentes bairros e zonas da capital, entre os quais, no Centro de Manaus, no Parque Municipal do Mindu e no Parque Urbano Desembargador Paulo Jacob, que também funciona no Centro.

História e aprovação – Mais de 1.500 dias já se passaram desde a criação, no Amazonas, do policiamento focado exclusivamente no patrulhamento com bike. A Ciclopatrulha da PM iniciou suas atividades operacionais no dia 29 de abril de 2017.

Parte deste período de atuação ocorreu durante as medidas de isolamento social, impostas para combater a pandemia de Covid-19. Os militares da Ciclopatrulha atuaram na fiscalização durante a interdição da praia da Ponta Negra e na retirada de pessoas que desrespeitarem e ultrapassassem a área delimitada de acesso.

De acordo com o capitão, uma pesquisa realizada pelo efetivo da unidade no Parque Ponta Negra, atestou a aprovação de 99% dos entrevistados em relação ao trabalho desenvolvido pelos policiais na área.

MATERIAL EM VÍDEO

Link para baixar: https://drive.google.com/file/d/1E5NitSsIZeCf2xGf5_dQMMpGCNrtpzZJ/view?usp=sharing

Conteúdo: Imagens de apoio da Ciclopatrulha circulando pelas praças, largos, orlas e calçadões; e entrevista com Roberto Vieira, capitão da Ciclopatrulha

Imagem: Tarcísio Heden/SSP-AM

você pode gostar também
Comentários
Loading...