Informações e Notícias de Parintins

Escolas municipais dispõem de vagas para matrículas de alunos para o ano letivo de 2019

A Semed dispõe de 2.583 vagas para a Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos.

As escolas da rede municipal de educação da zona rural e urbana ainda dispõem de vagas para matrículas de novos alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos para o ano letivo de 2019. Os pais que não conseguiram realizar as matrículas no período estabelecido pela Secretaria de Educação, por meio do Edital 01/2019, ainda podem fazer a matrícula de seus filhos.

Para o ano letivo de 2019, a secretaria oferece 2.583 vagas. Desse total, 930 vagas são para o maternal; 300 vagas para o I período; 137 vagas para o II período da educação infantil; 918 vagas de 1º ao 5º e 298 vagas de 6º ao 9º ano do Ensino fundamental.

De acordo com o secretário de Educação, João Costa, os pais da zona urbana que ainda não matricularam seus filhos devem procurar a Gerência de Ensino e Apoio Técnico Pedagógico na Secretaria de Educação para receberem o encaminhamento para a escola mais próxima da sua residência, desde que o estabelecimento ainda disponha de vaga; enquanto que para as matrículas na zona rural, os pais devem ir direto à escola.

“Estamos seguindo rigorosamente o Edital de Matrícula no 01/2019 de 05 de dezembro de 2018, que durante todo o processo de matrícula as vagas ofertadas deverão levar em conta a escola mais próxima da residência da criança ou adolescente conforme o artigo 4º, inciso X, da Lei no 9394/1996 e artigo 53, inciso V, da Lei no 8069/1990”, destacou o secretário João Costa.

Disse ainda que a meta do município é aumentar o número de alunos nas escolas municipais. Com isso, novas turmas são abertas e mais professores são contratados atuarem no ensino dos alunos.

“Estamos trabalhando para que nenhum aluno da rede municipal de educação fique fora da escola e por determinação do prefeito Bi Garcia, todos os pais que procurarem vagas nas escolas de Ensino Fundamental ou nos Centros de Educação Infantil terão seus filhos matriculados”, ressaltou o secretário.

Comentários
você pode gostar também